Plano Nacional das Artes

logoAEMaxpna2021

 

O Plano Nacional das Artes faz a sua apresentação  

O Agrupamento de Escolas de Maximinos vai procurar traçar e seguir o seu caminho, no âmbito do Plano Nacional das Artes. Neste momento é prematuro estar a definir o que quer que seja! O estado de pandemia que se instalou, com as regras e incertezas que daí resultam, tem condicionado o recente trabalho de todos! Há Ofertas Educativas e serviços que estão suspensos…

Estamos dispostos a fazer uma abordagem gradual, realista e em liberdade. Com o contributo do maior número possível de elementos da comunidade educativa, vamos procurar dar conta do recado e fazer a promoção de um ensino mais aberto, colaborativo e participativo, que vá ao encontro de uma prática que apele a soluções alternativas e rentabilize recursos.

O que sabemos é que o Plano Nacional das Artes (PNA) tem como objetivo tornar as artes mais acessíveis aos cidadãos, em particular às crianças e aos jovens, através da comunidade educativa, promovendo a participação, fruição e criação cultural, numa lógica de inclusão e aprendizagem que se pretende fazer estender ao longo da vida. É sua aspiração incentivar o compromisso cultural das comunidades e organizações e desenvolver redes de colaboração e parcerias com entidades públicas e privadas ao trabalhar em articulação com os planos, programas e redes pré-existentes.

Para já, o que é possível fazer é apresentar-vos uma seleção de conteúdos transdisciplinares, com a particularidade de colocarem a cultura, a arte e o património ao vosso alcance e, todas as semanas, poderão aceder a esta base de dados, com mais recursos inspiradores, de forma a que professores, pais, crianças, jovens, artistas, mediadores e educadores em geral, possam utilizá-los agora, mas também noutros contextos futuros em que a proximidade social presencial seja possível.

Haverá brevemente desafios PNA, através do site e das páginas nas redes sociais, nomeadamente o Facebook e o Instagram. Nesta matéria da vida digital e tal como na canção, há sempre alguém que resiste!... Eu, já não consigo escapar! A corrente é muito forte! A alternativa é não existir?! Não, nunca! Porém, fica a sensação de que acabou o sossego! Será que aos 55 anos perdi o juízo? Espero bem que não!

http://www.pna.gov.pt/recursos-educativos
https://www.facebook.com/PlanoNacionalArtes
https://www.instagram.com/plano.nacional.das.artes

Assim, venho destra forma pedir a vossa colaboração e participação para os desafios que o PNA nos vai colocar e, sem receio, interagir e partilhar as vossas publicações. Acredito que, unindo esforços e canalizando energias, conseguiremos abraçar o projeto, respondendo da melhor forma ao desafio de descrever uma história, que se quer nossa, de todos...

Cultura em casa através do Plano Nacional das Artes

https://www.gnration.pt/cultura-em-casa
https://www.serralves.pt/aprender-serralves/
https://maat.pt/
https://www.louvre.fr/pour-les-enfants
https://www.tate.org.uk/kids

 O Coordenador
Francisco Silva

 


 

Participação na 5ª Edição do BER - BRAGA EM RISCO

Foi com muito entusiasmo que o AE de Maximinos participou com vários alunos de diferentes níveis de ensino em algumas das oficinas do Encontro de Ilustração – BRAGA EM RISCO.

Promovido pelo Pelouro da Cultura e Educação da Câmara Municipal de Braga, o 5º Encontro de Ilustração decorreu de 6 a 21 de novembro e contou com mais de 100 ilustradores a expor, a criar, a riscar e a reinventar a Cidade. As propostas para este ano procuraram envolver as escolas e as lojas do comércio tradicional na dinamização de Oficinas e na utilização das Montras como objeto de intervenção. O objetivo da utilização desta lógica colaborativa foi procurar uma articulação que fizesse a aproximação do Público com o fenómeno Cultural.

O prestígio desta iniciativa faz com que a procura seja muita… A participação foi condicionada por fatores externos e critérios que dependem da ordem no momento de inscrição.

pna 5BER

Um Camaleão com muita pinta, recebe-nos com toda a graça e dá as boas vindas…

Ver mais aqui.


Imprimir